Nem Vem Que Não tem

>> quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014


Não adianta tentar me enganar,
se esforçar para me convencer
de que você não é real,
que transita entre o superhumano
e algum tipo de máquina.
Nem tente, não compro sua idéias,
não sucumbo às suas ameaças
e nem me amedronto com suas ausências.
Eu vejo suas fragilidades,
conheço suas limitações e
escancaro suas derrotas.
É por isso que você tenta me afligir.
Deve ser insupotável saber
que a pouco talentosa garota
tem uma vida melhor que a sua.
Meu amigo, só lamento.
Melhor sorte da próxima vez.

Nina Victor

 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP