Dimensões

>> sábado, 29 de janeiro de 2011

Tem vezes que tenho a nítida impressão de que a Morte anda rondando meu espaço. Depois eu penso "bobagem, a gente tá sempre morrendo de uma forma ou de outra". Sei lá... na verdade eu só gostaria de entender, por que em momentos como este, sinto seu sopro em minha nuca arrepiando meu corpo num calafrio? Nos dias em que me sinto assim, vejo tudo tão distante... é como se eu já estivesse pairando por sobre o "mundo real"... Agora mesmo, enquanto escrevo este post estou a pensar se sou eu mesma encarnada que está a escrever, ou se este instante é uma mentira para me confortar a alma, já desgarrada do corpo? De alguma forma me sinto limítrofe entre o existir e o não ser. Meu corpo(?) dói, meus olhos (?) choram. E dentro de mim habita um desespero silencioso.

Nina Victor

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP