É Natal!

>> sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Read more...

Três anos de Fátuo Sofisma

>> sexta-feira, 17 de dezembro de 2010


Sim, são três anos de meus resmungos, minhas observações, poesias e bonecas e sei lá mais o que... 
Embora o Fátuo Sofisma tenha ficado parado por quase um ano, há pouco tempo retomei as postagens, ainda que bissextas. 
E tantos blogs e espaços depois, percebi que é aqui o meu lugar. É nesse cantinho pouco visitado que me exponho e revelo. E quem quiser saber um pouco mais de mim é só passear pelos meus fátuos sofismas...

Nina Victor

Read more...

Ela, de novo

>> domingo, 12 de dezembro de 2010




E cá estou mais uma vez, caindo de sono, mas ainda assim acordada por causa da dor de estômago... Muito, muito chato isso... Aliás, as dores em geral deveriam ser proibidas.

Read more...

Melissa, minha blythe cobaia

>> domingo, 5 de dezembro de 2010

 Ela foi a primeira Blythe que usei nas minhas tentativas de aprender a customizar dolls. O motivo foi bem prosaico: de uma hora para a outra peguei implicância com ela. Cheguei a pensar em colocá-la para adoção, mas aí refleti e resolvi arriscar. Se eu já não estava gostando do jeito que ela era, pior não ficaria... no máximo eu continuaria a não gostar dela. 
No mosaico abaixo você pode ver a "evolução", se é que se pode chamar assim, do rosto da minha Cassiopeia Spice. A sétima foto mostra a modificação mais recente e, na minha opinião, a melhor. Agora eu estou achando a Melissa uma gatinha! :)

Melissa: a blythe cobaia

Read more...

Cigarras... bah!

Cinco e quarenta e nove da manhã e eu estou acordada desde as cinco e quinze. Em pleno domingo. E isso graças a algum desequilíbrio astral que faz com que as cigarras cantem a plenos pulmões ao ponto de me acordar. É enlouquecedor! Elas não param de gritar e são muitas! Não, eu não moro num local bucólico e cheio de natureza em torno. Mas meu condomínio tem algumas árvores e plantas e isso é o suficiente para que grupos de cigarras vivam por aqui. Na verdade, elas cantam praticamente durante todo o dia. Porém na madrugada o ruído parece maior, de repente por conta do silêncio, sei lá... O que eu sei, é que lembro de quando eu era criança e as cigarras cantavam apenas no final da tarde anunciando um próximo dia de sol. E eu adorava ouvir o canto das cigarras! É... adorava.

Nina Victor

Read more...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP