" S "

>> quinta-feira, 29 de maio de 2008


Sou:

Serena,
Sensacional,
Sábia,
Saboreável,
Sagrada,
Sacana,
Sensual,
Safada,
Siderada,
Significativa,
Sagaz,
Saliente,
Selvagem,
Singela,
Sincera,
Segura,
Séria,
Sardenta,
Saudosa,
Secreta,
Solícita,
Solidária,
Sedenta,
Sedutora,
Sensível,
Seduzível,
Sensitiva,
Sentimental,
Serelepe,
Serendipista,
Severa,
Simbólica,
Simples,
Singela,
Silenciosa,
Sobreexcitante,
Sociável,
Sofisticada,
Sonhadora,
Santa,
Sapeca,
Sossegada,
Suave,
Sublime,
Substanciosa,
Supimpa,
Sexy,

Sua!


Nina Victor


Read more...

Fadas Pró


As Fadas dizem
ao Tempo:
- Anda logo,
não seja lerdo,
não vê que há
urgência no ar?
Eles não podem
mais esperar!

Nina Victor

Read more...

Frágil Flor



Sinto muito...
Mas nem sempre a delicadeza
vence a aridez de alguns sentimentos.
Ainda que tenha florescido,
sem cuidados,
a frágil flor da ternura não resiste e,
despetalada, se acaba.
Sinto muito. Mesmo.

Nina Victor



Read more...

De Bode




É fim de festa
e ela mais pra lá do que cá,
em total embriaguez,
tenta entender por que
tanta falta ele fez...

Nina Victor



Read more...

Roberto Freire ( 18/01/1927 - 23/05/2008 )

>> segunda-feira, 26 de maio de 2008


Morreu o cara que mudou a minha vida.
Aquele que, com seus livros, especialmente "Coiote", fez com que eu repensasse minha existência e finalmente descobrisse quem é Nina Victor. Com o ônus e o bônus decorrentes desta providencial descoberta.
Graças a ele, aprendi a me impor, a reconhecer meus desejos, a ser mais leve e, principalmente, a me sentir livre para ser quem eu sou, para expor minhas idéias e minha essência e, viver de forma a não me violentar nem me desagradar. Registro aqui minha profunda tristeza e presto minha pequena homenagem ao grande mestre da minha vida.

Nina Victor









Read more...

Mistério

>> segunda-feira, 19 de maio de 2008




Teu maior mistério
reside em mim:
és meu efeito sem causa.


Nina Victor

Read more...

Idéia Fixa

>> sexta-feira, 16 de maio de 2008





Eu te quero e te sinto
mesmo quando em mim não estás...
pois a lembrança de nós dois
não sai da minha mente e
não dá sossego ao meu corpo.

Nina Victor

Read more...

A Musa

>> sexta-feira, 2 de maio de 2008




Por toda parte, ele buscou.
Entre as mais atiradas
e no meio das recatadas;
Procurou nas praias e nos bares
nos campings e na noite;
Pediu ajuda aos amigos
cadastrou-se em sites de encontros;
Tentou puxar papo nas filas e
na sala de espera do médico;
Mudou de cidade e de emprego
matriculou-se na dança de salão;
Quase tudo, ele tentou,
de todas as formas, ousou;
mas aquela mulher ideal,
essa, ele não encontrou;
E pra não se dar por vencido,
lançou a cartada final:
com suas mãos de artesão,
com muito esmero e arte,
ele mesmo esculpiu,
a sua musa real.

Nina Victor



Read more...

Epílogo

>> quinta-feira, 1 de maio de 2008




É devastadora a solidão
que se aconchega em minha alma.
Traz consigo a destruição
daquilo que tentamos viver
e uma intervençao de terceiro
que desfaz o nosso par.
E nada mais restará
além do que foi registrado,
de forma aleatória e sincera,
nas paredes invisíveis
do que chamávamos lar.

Nina Victor



Read more...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP