O Bigode de Durga

>> domingo, 20 de abril de 2008



Durga Observa




Eu costumo guardar todos os pelos dos bigodes das gatinhas que encontro pela casa. E os guardo junto com meu pêndulo de cristal, para que um energize o outro. Questão de força. E fé.

E fácil saber quem é a dona do bigode achado. Os da Padme são pequenos e mais finos e dos da Durga são grossos e compridos. Contudo, há tempos que eu não encontrava um bigodinho perdido...

Diante da "seca" de pelos de bigodes, resolvi conversar com a gatinha Durga (minha amiga e companheira de todos os instantes) e pedir a ela um fio de bigode de presente. Expliquei que estava com saudade de encontrar algum e perguntei se ela poderia me dar um bigodinho, mas "dos bem grandes e encorpados". Como sempre, ela prestou muita atenção ao que eu dizia, me olhando nos olhos com a docilidade habitual. Fiz o pedido na quinta-feira à noite e reiterei o pedido na tardinha de sexta-feira.

E qual não foi minha surpresa, no sábado de manhã, quando a vi deitada no seu puff ao lado da mesa do meu computador, com um enorme pelo de bigode, estratégicamente e corretamente posicionado para que eu o encontrasse!

Os céticos dirão que foi coincidência, outros poderão achar que eu estou exagerando. Mas quem conhece a Durga, sabe que ela é capaz de fazer isso, pois como eu costumo dizer, ela "entende português".

Peguei o bigode sorrindo e agradeci pelo presente. Recebi o mais melodioso dos miados de volta. Mostrei o bigode para o Leo e ele na hora se lembrou de ter me ouvido fazendo o pedido pra Durga. Guardei o valioso fio de bigode junto ao pêndulo, voltei agarrei muito o meu amor-gatinha! São coisas assim que fazem minha vida cada vez mais feliz! :)

Nina Victor


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP