Música Para Mim

>> terça-feira, 29 de abril de 2008




É música para mim
tua voz, teu sorriso
e até mesmo teus silêncios.

Teus sons me acompanham...

Te ouço em cada nota
que o universo toca na
cadência dos dias e no
repouso das noites.

Nina Victor



Read more...

O Homem-Galinha


Imagem - Daron Mouradian



O homem-galinha é um perigo!
Choca as patas-chocas
com atitudes chocantes
de ciscar pra todo lado...
Mas seu charme galináceo
é, de fato, irresistível e
logo mais uma incauta
vai se deixar seduzir!
Portanto, galinhas,
digo, patinhas,
ops, meninas... cuidado,
não se deixem encantar,
pois tudo que ele quer
é a todas enganar...

Nina Victor



Read more...

Compulsão






Ela era compulsiva.
E o coitado, definhava...
Até que um dia morreu.
De amor. Literalmente.

Nina Victor


Read more...

A Nova Casa Do Meu Pai

>> sábado, 26 de abril de 2008


fotografia de Thomas Sautter



Acordei bem. Sonhei com meu pai. Estava com saudade de estar com ele. Não porque eu estivesse acostumada à sua companhia. Ao contrário, passei muito pouco tempo com ele. Um erro. Uma lástima. Um fato incontornável do qual me arrependo muito.

Ele era um cara difícil. Assim como eu sou uma pessoa difícil. "Impossível" como diz minha mãe e meu namorado. "Impossível" também era meu pai. Dizem por aí que dois bicudos não se beijam. Deve ser verdade. Mas nem por isso deixam de se amar. Talvez tenham sido exatamente as semelhanças que tenham me afastado de meu pai. Claro que teve muita coisa além disso também. Claro que quando somos crianças, adolescentes e jovens somos tolos e nos achamos sábios. Mais um erro. Este porém, parece-me, comum à quase todo mundo.

Mas nem comecei a escrever tudo isso para falar de meus arrependimentos com relação ao meu pai. Na verdade, eu quero registrar minha alegria por tê-lo encontrado num sonho, mais uma vez. Todos os sonhos que tenho com ele, desde sua morte, são sonhos felizes. Sonhos de situações e momentos que poderiam ter sido reais se eu não fosse cabeça-dura.

Nessa noite ele veio me buscar para me levar até o local onde vive atualmente. Ele estava feliz, sorridente e positivamente ansioso por me mostrar seu novo lar.

No tal lugar, onde o céu era azulzinho demais e as construções brancas e modernas, ele era como se fosse o responsável pela adminstração daquilo tudo. Havia uma ampla praça com piso cor de ferrugem, árvores em volta, bancos e mesas e brinquedos para as crianças e o som das gaivotas que voavam por ali. Era perto do mar, à beira-mar para ser exata. Ele morava no prédio mais alto, todo envidraçado e muito espaçoso. Todos que lá habitavam tinham o semblante feliz e despreocupado e todos sorriam e cumprimentavam meu pai ao vê-lo passar. Foi gratificante ver como ele está em paz, cercado de pessoas que realmente o querem bem.

Todas as vezes que sonho com o papai sinto-me feliz. É como se, de alguma forma, algo que perdi em vida fosse resgatado no mundo dos sonhos. E isso me faz bem e acalma meu coração.

Nina Victor



Read more...

Gatos São Mágicos

>> quinta-feira, 24 de abril de 2008



na foto: durga e padme



Às vezes penso que os gatos são mágicos. Ou que conhecem as manhas do teletransporte. Ou que ficam invisíveis quando desejam... Como pode haver um bichinho tão silencioso e ágil? Observo minhas gatinhas, estão ao meu lado, no meu campo de visão periférica e quando dou por mim já mudaram de posição, já sairam da casinha e foram para o tapetinho, enfim... tudo debaixo de meus olhos e eu simplesmente não percebo! E isso é apenas mais uma das coisas que fazem amar os gatos...

Nina Victor



Read more...

Pintando o Sete

>> quarta-feira, 23 de abril de 2008





Pinto pássaros no ar,
vermelhos,
pra contrastar
com o azul
do teu olhar...
( porque com o céu,
não iria rimar! :P )

Nina Victor

Read more...

Coração




Sonho do dia:
Que entre todas as possibilidades,
O meu seja o tal,
O mais atrativo,
Aquele escolhido,
O seu preferido!

Nina Victor



Read more...

Beijo!







Teu sabor transforma em cor
o que vejo de olhos fechados
enquanto passeio em teu céu! :)

Nina Victor

Read more...

Busca





Busco em mim o que há de ti:
o contra-senso, a proposta,
o toque na pele, a provocação,
a intensidade, uma resposta,
os espaços, uns instantes...
O reflexo em mim guardado
de um prazer não mensurado.

Nina Victor

Read more...

A Pétala e a Gota






Quem saberá decifrar
os mistérios da atração?
Dentre tantas,
por que ela?

Nina Victor

Read more...

O Bigode de Durga

>> domingo, 20 de abril de 2008



Durga Observa




Eu costumo guardar todos os pelos dos bigodes das gatinhas que encontro pela casa. E os guardo junto com meu pêndulo de cristal, para que um energize o outro. Questão de força. E fé.

E fácil saber quem é a dona do bigode achado. Os da Padme são pequenos e mais finos e dos da Durga são grossos e compridos. Contudo, há tempos que eu não encontrava um bigodinho perdido...

Diante da "seca" de pelos de bigodes, resolvi conversar com a gatinha Durga (minha amiga e companheira de todos os instantes) e pedir a ela um fio de bigode de presente. Expliquei que estava com saudade de encontrar algum e perguntei se ela poderia me dar um bigodinho, mas "dos bem grandes e encorpados". Como sempre, ela prestou muita atenção ao que eu dizia, me olhando nos olhos com a docilidade habitual. Fiz o pedido na quinta-feira à noite e reiterei o pedido na tardinha de sexta-feira.

E qual não foi minha surpresa, no sábado de manhã, quando a vi deitada no seu puff ao lado da mesa do meu computador, com um enorme pelo de bigode, estratégicamente e corretamente posicionado para que eu o encontrasse!

Os céticos dirão que foi coincidência, outros poderão achar que eu estou exagerando. Mas quem conhece a Durga, sabe que ela é capaz de fazer isso, pois como eu costumo dizer, ela "entende português".

Peguei o bigode sorrindo e agradeci pelo presente. Recebi o mais melodioso dos miados de volta. Mostrei o bigode para o Leo e ele na hora se lembrou de ter me ouvido fazendo o pedido pra Durga. Guardei o valioso fio de bigode junto ao pêndulo, voltei agarrei muito o meu amor-gatinha! São coisas assim que fazem minha vida cada vez mais feliz! :)

Nina Victor


Read more...

Particularidades

>> quinta-feira, 17 de abril de 2008






O que faço com esta espera
que lhe oculta e me espanta?
Onde espalho meus sorrisos
e como desato seus nós?
O que rima nesta vida
a não ser você e eu?

Nina Victor


Read more...

Sono

>> sábado, 5 de abril de 2008




O sono é um providencial intervalo na vida:
é a pausa consentida.

Nina Victor



Read more...

Melancolia

>> sexta-feira, 4 de abril de 2008


O que me faz sentir uma melancolia a respeito do que não vai acontecer? É simples. Entristeço-me com aquilo que não sairá do mundo das idéias, não por falta de oportunidade, mas sim por opção própria, por desejo meu de não concretizar desejos que tenho. Por que não realizo alguns dos meus sonhos? Básico: nem tudo que se quer se deve ter ou fazer. Há que existir bom-senso e uma rigorosa escala de valores. É assim que penso. Tomo minhas não atitudes pautadas no racional. Mas o emocional por vezes vacila e apela, tenta me convencer a não ser razoável, comedida. Só que a lição do autocontrole foi muito bem exercitada. Então, nada feito com as chantagens do corpo emocional e é daí que brota a tal da melancolia...

Nina Victor



Read more...

"He plays by intuition..."



This is the secret.
And I wanna score more.

Nina Victor

Read more...

Tão Simples...

>> terça-feira, 1 de abril de 2008




Há um oásis no deserto de tua vida.
Por que insistes em não ver?

Nina Victor

Read more...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP