"Vagando entre os astros nada me move e nem me faz parar"

>> quarta-feira, 31 de dezembro de 2008



Estava eu arrumando umas coisinhas por aqui, na minha estante, quando me veio à cabeça uma antiga música dos Paralamas do Sucesso, dos bons tempos dos Paralamas, porque agora eu não gosto mais tanto quanto eu gostava... Enfim, bateu saudade e resolvi postar para deixar registrado qual foi música que rondou meu último dia do ano de 2008... "o motivo eu já nem sei"



"Mensagem de Amor"


Read more...

Mais Meninas. Ueba!

>> terça-feira, 30 de dezembro de 2008



Papai Noel está incansável esse ano! Depois de me presentear com uma adorável Ellowyne Wilde, resolveu contribuir mais um pouquinho para a coleção de bonecas que estou (re)começando e... me deu mais três meninas para enfeitar minha vida! :)

Eu me arrependo demais por ter me desfeito das minhas bonecas. Eu tinha inúmeras mas passei por aquela fase babaca de "moça crescida não brinca de boneca" e abri mão de todas as minhas lindinhas e seus acessórios. O resultado é que agora, com a bênção do Leo (o verdadeiro Papai Noel) estou voltando a ter bonecas. E estou empolgadíssima! Feliz mesmo... :P

Conheças as trigêmeas (elas ainda não ganharam nomes):

Trigêmeas


Read more...

Vi, Li, Ouvi de cara nova!



Já devo ter dito aqui que blogar é meu vício. Adoro procurar novidades, escrever minhas coisas e divulgar tudo aquilo que acho interessante.

Dentre meus vários espaços virtuais tenho meus queridinhos, claro. Um dele é este aqui, o Fátuo Sofisma, pois é meu blog mais pessoal.

O outro que amo demais é o Vi, Li, Ouvi, onde faço posts informais sobre livros, filmes e músicas e que, desde ontem está de cara nova. A mudança é pequena mas creio que ficou funcional! :)






Read more...

Sem Tempo Certo

>> segunda-feira, 29 de dezembro de 2008



Meu coração abatido está batendo acelarado,
embora desmotivado, preterido,posto de lado.
São feitiços que vêm e vão.
Meias-verdades, mentiras sem fim,
palavras de efeito, carinhos etéreos,
abandonos e retornos, desejos e parcialidades,
disputas infinitas onde todos perdem,
sentimentos que enganam,
lágrimas vãs, sorrisos forçados.
Seu intelecto malévolo, sua carência absurda,
meu posicionamento hesitante,
meus encantos de sereia,
seu sexo sempre pulsante:
Nada disso dá certo, não há futuro adiante.
O tempo presente, suspenso está.
Resta-nos um passado a apagar.

Nina Victor



Read more...

Esse silêncio todo me atordoa

>> domingo, 28 de dezembro de 2008


Cálice. Gosto muito desta música. E a censura não calou a voz dos cantores, Chico Buarque e Gilberto Gil, mas cortou o som do microfone... Isso aconteceu no show Phono 73 realizado em São Paulo. Veja o vídeo do episódio.


Read more...

Sinais

>> quinta-feira, 25 de dezembro de 2008


O ponto alto do meu Natal é sempre o momento em que bato um papo com o Todo Poderoso, meu grande amigo e conselheiro. Falo meus bláblablás, agradeço e faço pedidos. Por último peço sinais. Tudo muito simples, tudo muito informal.

Entre os sinais que recebi estão o aroma de frésia, um arco-íris duplo no céu, um gato de rua saindo do elevador no andar que eu estava e fazendo um charminhos para mim, agradecimentos e carinhos inesperados e uma bela tempestade, com direito a trovões, raios e muita água, do jeito que eu gosto tanto.

Para finalizar, tirei uma carta do Tarot Zen de Osho. Saiu a XIX, "Inocência". Transcrevo aqui a mensagem recebida:


O Zen diz que se você abandonar o conhecimento -- e dentro do conhecimento inclui-se tudo: seu nome, sua identidade, tudo... porque tudo isso lhe foi dado pelos outros --, se você abandonar tudo o que lhe foi dado pelos outros, você adquirirá uma qualidade totalmente diferente de ser -- a inocência.
Isso será uma crucificação da persona, da personalidade, e haverá uma ressurreição da sua inocência; você se tornará outra vez uma criança, renascida.


Comentário: O velho desta carta irradia no mundo uma satisfação de criança. Há uma atmosfera de graça à sua volta, indicando que ele está bem consigo mesmo, e com o que a vida lhe proporcionou. Parece que ele está conversando alegremente com o louva-a-deus em seu dedo, como se os dois fossem os maiores amigos. As flores cor-de-rosa que cascateiam em torno dele representam um tempo de deixar-acontecer, de relaxamento e doçura. Elas são uma resposta à sua presença, um reflexo da sua própria natureza.
A inocência que advém de uma profunda experiência de vida é semelhante à de uma criança, sem ser infantil. A inocência das crianças é bela, mas ignorante. Ela será substituída por desconfiança e dúvida à medida que a criança for crescendo e aprendendo que o mundo pode ser um lugar perigoso e ameaçador. A inocência, porém, de uma vida plenamente vivida, tem um quê da sabedoria e da aceitação do milagre da vida em eterna mudança.



Read more...

Sol e Lua

>> domingo, 21 de dezembro de 2008


Quero-te Sol na minha noite
a me aquecer o corpo e
a me marcar a pele.

Quero teus carinhos,
tuas impropriedades,
tuas virtudes e
tuas palavras.

Quero teu silêncio
e teus barulhinhos...
Teus sons e teus dons.

Quero-te Sol a eclipsar
minha lua
para que eu possa dizer:
sou tua.

Nina Victor

Read more...

Teus Sons



Teus sons embalam meu corpo
em momentos que não podes supor
naqueles em que sou criança
naqueles em que sou mulher
e quando me sinto menina

Teus sons reverberam
em meus pensamentos
transformando-os em desejos
que moldam meus sonhos
em estado de vigília

Nina Victor

Read more...

Presentão do Simbão

>> quinta-feira, 18 de dezembro de 2008




Veja só que coisa mais linda, mais cheia de graça, a arte que o Simbi fez para mim...
Um senhor presente de aniversário para o Fátuo Sofisma, concorda?
Bem que dizem por aí que quem tem um amigo tem tudo!

Obrigada, Jean.
Um grande beijo pra você! :)

Nina Victor






Read more...

Aniversário do Fátuo Sofisma

>> quarta-feira, 17 de dezembro de 2008



Há um ano atrás resolvi criar o Fátuo Sofisma.
Ele foi feito para abrigar as coisas que escrevo, tanto as novas quanto as antigas, meus guardados que estavam desordenados em papéis na gaveta.
É aqui que registro minhas emoções, sensações e opiniões.
É tudo muito pessoal, tudo muito "eu"...

Nina Victor

Read more...

"I thought I was someone else, someone good"

>> domingo, 14 de dezembro de 2008


Perfect Day do Lou Reed é uma música tão especial que não caberia em qualquer lista de preferências; ela está acima dessas coisas... pois meus dias perfeitos são rigorosamente assim: brindados pela mais pura simplicidade e compartilhados com a melhor das companhias. Que bom que o ano de 1972 existiu! :)

Abaixo, a música cantada por vários artistas, numa produção da BBC.


Read more...

Bodas de Caná

>> sábado, 13 de dezembro de 2008




Hoje, em determinado momento, precisei de uma orientação, uma dica, uma palavra amiga. E recorri ao evangelho, como sempre faço nestas situações... E a mensagem foi a passagem das Bodas de Caná. Para quem não sabe, é a história do primeiro milagre de Jesus: transformar água em vinho. Meu coração, agradecido e tranquilo, sorriu.

Nina Victor

Read more...

Inevitabilidades

>> quarta-feira, 10 de dezembro de 2008





Mesmo navegando com cuidado nos meandros da vida
e evitando as ondas mais atrevidas,
ainda assim há a espreita do perigo,
o insondável, o preterido...

Nina Victor

Read more...

Eu quero você

>> sábado, 6 de dezembro de 2008


"Vem que eu te ensino como ser bem melhor"


Como Eu Quero - Kid Abelha


Read more...

Gongo

>> quinta-feira, 4 de dezembro de 2008


Falam por aí que Ele escreve certo por linhas tortas. E hoje, mais uma vez pude constatar a veracidade desta afirmativa. Coisas que acontecem, pensamentos que vem e vão, armadilhas, sereias, avisos, recuos... coragem fora de hora, determinação na direção errada, permissividade com as dificuldades... tudo isso comandando a mente, descompassando o coração, gerando ansiedade e desejo, premissas de entregas verdadeiras. Naquilo que deu errado, na frustação que acontece, a liberdade sorri irônicamente e nos oferece seu caminho incerto. Em tudo que deu errado, no sonho abortado, decisões se diluem... palavras se calam.

Nina Victor

Read more...

Deixando A Vicinal

>> terça-feira, 2 de dezembro de 2008


Sempre chega o momento de estancar uma sangria. A renovação da vida não pode ser feita na base do desperdício. Há que se deixar sangrar os excessos, sim. Mas é imprescindível reconhecer o instante de parar. O sangue a jorrar tem lá seu fascínio, alivia tensões, gera expectativas, tem um quê de rebeldia, liberdade, talvez. Quando se sente a fantasia enfraquecer e a verdade despontando no horizonte, é a vez do torniquete. Parar com tudo é a sábia atitude. Penso ter chegado neste momento com relação à algumas pequenas coisas e permissividades. O tempo é de parar, zerar e esquecer. O sangue mau já foi derramado, cheguei ao limite da experiência e agora é imperioso sair da estrada vicinal e voltar à principal. E é isso que estarei fazendo a partir deste momento.

Nina Victor



Read more...

Amor de Outrora...

>> segunda-feira, 1 de dezembro de 2008


No instante em que li os dizeres da imagem ao lado, sorri. E lembrei do meu primeiro (e impossível) amor.

Não, não era um artista ou homem adulto qualquer. Nada disso. Na minha ingenuidade de criança, caí de amores pelo "Speedy Racer"... e eu nem me tocava que ele não passava de um mero personagem de desenho animado.

Eu o achava tão lindinho com aqueles olhos enormes... e sempre repetia: "quando eu crescer quero casar com o Speedy".

Coisas da infância, quando o reino da fantasia é a realidade da vida.


Nina Victor


Read more...

Êxtase

>> domingo, 30 de novembro de 2008





Explode e repercute
nas ondas vibratórias do meu ser
o prazer que trasborda de dentro de você.

Nina Victor






Read more...

Caóticos

>> sábado, 29 de novembro de 2008


Neste jogo de vida e morte,
o que conta é a resistência,
não existe o fator sorte.
Confronto de interesses,
conflito de sentimentos,
e a gente no meio disso.
Com isso, o astral pesa e
o céu se despenca em vermelho-paixão,
correspondência do sangue,
da briga dos vírus,
no reforço da armada dos anticorpos.
O desejo nos consome.
De nós,
só restou a fome insaciada
de uma noite a mais.



Nina Victor



Read more...

Tudo Tem Seu Tempo

>> sexta-feira, 28 de novembro de 2008


Num crescente de lua
te vi nascer em mim.
És semente e grão.
E teus olhos floridos
iluminam meu caminho.
És farol e tempestade.
Mas teu sorriso de calmaria
sinaliza meu cais.
Atraco em teu porto
mas não desembarco,
apenas te aguardo.
E me guardo pra ti...

Nina Victor

Read more...

Dois dias

>> quinta-feira, 27 de novembro de 2008




No sorteio das roubadas sempre sou a premiada. Resta-me o velho, mas verdadeiro consolo: sorte no amor, azar no jogo. Melhor assim.

Nina Victor

Read more...

Sabedoria




Se sabedoria for realmente o que Doug Larson diz, eu sou uma sábia nata! :P

Arte do fabuloso Céo Pontual.

Read more...

Guarda-Chuva e Guarda-Sol

>> quarta-feira, 26 de novembro de 2008

O Guarda-Chuva e Guarda-Sol foi o primeiro blog que eu criei. Deveria ter parado ali mas a compulsão falou mais alto e, depois dele, vários outros surgiram. Contudo, desde a sua criação em maio de 2006, eu nunca consegui encontrar um template que me deixasse satisfeita.

Bem, em setembro deste ano, joguei a toalha e desisti. Parei até mesmo de fazer postagens por lá.

Pois não é que hoje, navegando por aí achei algo que me chamou atenção e que penso se encaixa muito bem com o clima do blog? E o principal, em duas cores que eu adoro: preto e cor-de-rosa. Sim, basicamente, a única coisa que não mudava no Guarda-Chuva e Guarda-Sol era a cor. Sempre com toques de rosa.

Então, hoje vou dormir mais contente. Finalmente encontrei uma roupinha bonitinha para vestir meu primogênito! :)

Nina Victor



Read more...

Timeless





Nothing is fine.
There's no time.

Nina Victor






Read more...

Youniverse - Movies


Youniverse Movies TestYouniverse Movies Test


Read more...

Sambaby, Babe

>> terça-feira, 25 de novembro de 2008


Meu sentimento se esvaziou,
entrou pelo cano,
nos canos de Andorra.
Sumiu, mingou.
Desgostei, desamei, desencanei.
Meu ícone ruiu,
apodreceu, caiu.
Se espatifou num distrito qualquer
e eu já não tenho mais ânimo
para reunir os cacos.
Afinal,
não tenho alma de artesã.
É por isso
que o sentimento vazou, acabou.
E entre sorrisos
comemoro minha libertação:
enfim só!

Nina Victor



Read more...

Why?

>> segunda-feira, 24 de novembro de 2008


Todo desejo,

Mesmo quando satisfeito,
Deixa uma ponta de frustração:
Por que não desejamos mais e melhor?!

Nina Victor



Read more...

Ranking... Bah!

>> domingo, 23 de novembro de 2008



Tenho visto por aí uma baita discussão a respeito do ranking do BlogBlogs. Eu sempre achei esse lance de rank uma bobagem, ainda mais quando o critério é apenas a troca de links. Pseudo-sucesso e estrelas fake da blogsfera não me impressionam. Sucesso, na minha opinião quem tem é O Profeta, por exemplo. O cara tem um blog de poesias, layout simples, sem firulas e consegue ter mais de cem, duzentos comentários em cada post. Comentários únicos, sem resposta do autor. Esse cara sim, faz sucesso e nem precisou do BlogBlogs para ter seu trabalho visitado e reconhecido...

Nina Victor



Read more...

Por Nós

>> sábado, 22 de novembro de 2008






Que o encanto não se quebre
que se conserve e
nos anoiteça
nos atordoe
nos enterneça
nos depure
nos misture
e por fim
nos enlouqueça
(de amor)
até que o dia
amanheça

Nina Victor




Read more...

Convite (música de Nina Victor e Helio Jenné)

>> sexta-feira, 21 de novembro de 2008


No meu perfil há um pequeno texto, que se chama "Convite" e diz o seguinte:

Se eu falasse:
"Vem!
Vamos para a rua,
beber o Sol e embebedar a Lua...
Você viria?"



Pois bem, certa vez eu estava Skypeando com o Helio Jenné e ele começou a transformar minhas palavras em música. Animado, pegou o violão e fez uma gravação para não perder a inspiração.

Hoje, reunidos, eu, Helio Jenné e Leandro Cesar Brasil fizemos a gravação da música, na verdade, uma vinheta que vocês poderão ouvir clicando no player abaixo. Mas antes, a ficha técnica:


Nina Victor: letra e vocais.

Helio Jenné: música, violão acústico, arranjo e vocais.

Leandro Cesar Brasil: arranjo, programação midi bateria e baixo, edição, violão elétrico e guitarra eletrica.


Eu estou bastante contente, pois agora os meus blogs possuem uma trilha sonora própria. Mas fiquem tranquilos, a música não vai começar automaticamente. Só vai ouvir quem quiser e clicar no play! ;)


Read more...

Romance



Read more...

Seduzir

>> quinta-feira, 20 de novembro de 2008





Ela busca elementos
que possam satisfazê-lo.
Ela tapa o sexo
mas não esconde seu desejo:
quer seduzir-lhe a mente
para apossar-se-lhe da alma.
Coisas de mulher.

Nina Victor




Read more...

O Amor Que Merecemos

>> quarta-feira, 19 de novembro de 2008


A coisa mais sensacional que aprendi na faculdade de Direito da UERJ, não tem nada a ver com o Direito em si, mas sim com a vida.

As sábias palavras que até hoje ecoam na minha cabeça e permeiam meu comportamento foram ditas pela querida professora de Direito Civil Ana Sara Korenchendler.


"Um só é maluco porque o outro é mais maluco ainda e permite a maluquice daquele primeiro."



Depois que aprendi e assimilei a veracidade e exatidão das palavras acima, passei a ter melhores relacionamentos.

Claro que o aprendizado foi progressivo, mas a cada dia eu ia introjetando mais e mais o precioso ensinamento até que cheguei ao ponto de só permitir que pessoas "do bem" estejam ao meu redor. Não mais birutas, oportunistas, complicadinhos ou fdps. Eu mereço amor da melhor qualidade, porque ofereço amor de qualidade. E isso tem sido uma constante em minha vida. Graças a Deus. E a Ana Sara.

Nina Victor



Read more...

Sortilégio

>> segunda-feira, 17 de novembro de 2008



Que olhar foi aquele?!
Assim de frente, descarado, desafiador... quase dando a cara a tapa?
Uau... me pegou desprevenida, tirou meu ar, suspirei,
controlei a bandeira e mantive a fleuma.
(minha ancestralidade pontualmente me socorre)

Mas a dúvida é: a boca que cala, beija?



Nina Victor


Read more...

Boletim Meteorológico

>> domingo, 16 de novembro de 2008




Nem sol nem lua.
O céu é uma questão de foro íntimo.
O meu está nublado com tendências a
"Leave me alone".

Nina Victor







Read more...

The Blogger Spelling Test

>> sábado, 15 de novembro de 2008


E na manhã de sábado...




Read more...

Palavras Oníricas

>> quinta-feira, 13 de novembro de 2008





Eu sou a noite da sua noite,
O mar do seu mar
E aquele seu desejo
Que não pode esperar.



Nina Victor

Read more...

Despertar

>> quarta-feira, 12 de novembro de 2008



Misha Borisoff


Eles seguem, enamorados,
rumo à Terra dos Sonhos,
absortos em seu enlevo,
entregues e descuidados...
Mas o tempo do real
vem à galope atrás deles,
antecipando sem dó
o fim do viajar,
fazendo os sonhos morrerem
trazendo o despertar.

Nina Victor






Read more...

Anotação Sobre O Libertino

>> sábado, 8 de novembro de 2008


Gosto muito de conhecer a vida das pessoas. Por isso estou sempre lendo biografias ou assistindo filmes que contam a trajetória de alguém. Hoje, nós vimos o filme O Libertino, que conta a história de John Wilmot - Conde Rochester - contemporâneo do Rei Charles II da Inglaterra.
O início e o final do filme são iguais: Johnny Depp falando algo "com a gente". O texto é muito bom e transcrevo aqui o discurso inicial e o final. O que me deixou "de cara" foi a resposta que dei à pergunta feita ao término do filme: um sincero sim.


Nina Victor



No início ele diz:

Permitam-me que seja franco
antes de começar
Não vão gostar de mim.
Os cavalheiros sentirão inveja
e as damas repulsa.
Não vão gostar de mim agora
e muito menos com o decorrer da história.
Damas,
um aviso.
Estou disponível.
Sempre.
Não é uma questão de orgulho ou opinião.
É uma constatação médica.
Digo-o de forma categórica.
E irão vê-lo de forma inequívoca.
Não.
É uma posição confortável a vossa
é melhor observar e tirar as vossas
conclusões de forma distanciada
ao invés de o fazerem vendo-me
envolvido com as vossas mulheres.
Cavalheiros,
não desesperem.
Também estou disposto a isso.
E portanto, o mesmo aviso
se aplica a vós.
Controlem as vossas erecções até
que eu tenha uma última palavra,
mas quando tiverem sexo,
e terão sexo,
estou certo que o farão,
saberei se me desapontaram.
Desejo que façam sexo
enquanto vos observo e
ridicularizo os vossos genitais.
Sintam...
como eu senti,
como eu me sinto.
E pensem.
Seria este arrepio
o mesmo que ele sentiu?
Será que sentiu algo de mais profundo?
Ou existe um muro de infelicidade em
que todos chocamos com as cabeças
nesses pequenos momentos eternos?
É tudo.
Este foi o meu preâmbulo.
Nada em rima.
Nenhuma afirmação de modéstia.
Não esperavam isso, penso eu.
Chamo-me John Wilmot.
Visconde de Rochester.
E não quero que gostem de mim."


No final, ele fala:

"E finalmente,ali ele jaz
O convertido no leito de morte.
O devasso crente.
Eu não sabia me conter não é?
Dê-me vinho,eu bebo tudo
e jogo a garrafa vazia no mundo.
Mostre-me Nosso Senhor Jesus em agonia...
e subo na cruz,tiro seus pregos
e os coloco em minhas mãos.
Aqui vou eu,arrastando-me do mundo...
com minha saliva fresca sobre a Bíblia.
Olho a cabeça de um alfinete...
e vejo anjos dançando.
E então...
Gostam de mim agora?
Gostam de mim agora?
Gostam de mim agora?
Gostam de mim...agora?"



Read more...

Geniais!





Cheguei à conclusão que aqui em casa somos dois geniais.
Eu, porque tenho um temperamento impossível.
Ele, por ter um QI incrível.

Nina Victor

Read more...

Espreitando o Ceifador

>> sexta-feira, 7 de novembro de 2008




Sobre o morrer.
O que pensar ou por que acaso deixaria meu pensamento vagar por terreno tão incerto e desconhecido?
Todavia a força atrativa é mais forte e fico focada na arte de morrer, no amanhã despertado em outro mundo, misterioso mundo que contam, existe, mas prova concreta não há.
E a cada página que leio, entre todas as palavras, inefável está ela, a morte a me rondar. Não tenho medo da passagem mas do veículo que me conduzirá até ela.
Mas porque estou pensando neste assunto se tenho a certeza de que Ele virá me encontrar? Não agora, mais tarde, bem mais tarde, no ritmo e na velocidade da luz.

Nina Victor


Read more...

Delírio




É tarde. Ou devo dizer... cedo?
O Sol já se impõe por entre as frestas do meu alter ego.
Reservar? Revelar? Qual verbo devo usar?

Nina Victor



Read more...

Acorda!

>> quinta-feira, 6 de novembro de 2008



"- Há um momento em que tudo se perde.
E mesmo o que não há pode deixar de existir.
Você compreende isso?"

Nina Victor






Read more...

Meez

>> quarta-feira, 5 de novembro de 2008


Adoro brincar de boneca. Até hoje me arrependo de ter dado todas as minhas bonecas. Mas fiz isso naquela crise idiota que a gente tem por volta dos 17 anos - querer ser e sentir-se adulto a todo custo... Aiai que besteira! ;)

Nina Victor


Meez 3D avatar avatars games

Read more...

Segundo Lugar



Só os fortes conseguem suportar um segundo lugar.
Como não sou forte, não suporto.

Eu não me incomodo muito de perder numa competição, num jogo ou em qualquer situação na vida. Sempre acho que uns ganham e outros perdem. Normal. É assim que acontece. Mas ser o segundo colocado em qualquer coisa é o inferno na Terra.

Poxa, o segundo colocado não teve competência ou sorte para ser o primeiro. Melhor ser o terceiro ou daí pra baixo. Eu não gosto de perder de pouco. Se é para perder que seja de lavada... por um triz não dá. Meu aparelho não aguenta. É muito sofrimento, quase uma vergonha.

Eu sempre fico sensibilizada com o segundo colocado, é muito triste perder o sonho como se fosse o estouro de uma bolha de sabão: a vitória estava ali, quase na mão e de repente... puff! - se esvai, acaba, desaparece... Muitas vezes, pra nunca mais.

Só os fortes conseguem suportar um segundo lugar.

Nina Victor


Read more...

Cúmplices da Lua

>> terça-feira, 4 de novembro de 2008





Quem há de entender os motivos da Lua
que se enche e se esvazia,
se esconde e se expõe?
Suas secretas razões
são páginas de livro aberto
para qualquer coração
que se sinta enamorado
e não tenha seu bem por perto...

Nina Victor





Read more...

How Sinful Are You?

>> segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Take this test!
Those who scored high in Greed may have an extreme drive to accumulate wealth and to live an extravagant life. What they think of as necessary may be construed as excess by others. This can lead them to prioritize worldly possessions above other things, even their personal relationships.

Read more...

Para ele, o Direito era torto. Sábio papai.

>> domingo, 2 de novembro de 2008



Quando meu pai morreu, eu já tinha meu emprego. Mas eu nunca contei para ele que havia sido aprovada num concurso público. Ele já estava doente e eu não quis entristecê-lo.

Nunca me saiu da cabeça a reação dele quando eu disse que iria prestar vestibular para Direito. "Oito filhos e a oitava vai me dar o desgosto de ter um advogado na família". Quando veio o resultado do vestibular e eu havia sido aprovada para a UERJ, meu pai falou: "Não fez que a sua obrigação, pois eu não pagaria uma faculdade particular para você cursar Direito". Quando quis fazer uma pós-graduação na FGV, ele não quis me ajudar, vendi meu carro e coloquei a grana na caderneta de poupança. Um dos meus irmãos me adiantava o valor da mensalidade e quando minha conta fazia aniversário, eu devolvia o dinheiro para ele.

Hoje me pego pensando... será que meu pai sabe do meu trabalho? Estará ele decepcionado ou aliviado?

Nina Victor


Read more...

Horário de Verão. Grrrrrrr

>> sábado, 1 de novembro de 2008




Li no site da BBC Brasil que o incomodativo horário de verão pode causar danos à saúde, como por exemplo, propiciar mais infartos.

Bah! Essa droga de horário de verão é uma M maiúscula. Eu me sinto muito mal com ele. Mexe com meu organismo, com meu descanso, descaceta meu relógio biológico e pode me causar mau-humor!

Isso sem contar que, pessoa noturna que sou, vejo minha querida noite demorar a chegar e o dia se alongar demais. A sorte que eu tenho é que não preciso acordar muito cedo para ir para o trabalho, pois se eu tivesse que ver o dia nascendo cada vez que tivesse que sair de casa, seria demais para mim. Tenho morning sickness mesmo não sendo uma grávida. Basta ver o sol nascer para eu sentir náusea, dor de cabeça, vontade vomitar... é péssimo!

Caramba, será que esse horário de verão é mesmo necessário? Será que a relação "custo/benefício" vale a pena? Pra mim não vale. Abaixo o famigerado HV.

Nina Victor



Read more...

Travesseiro de Molas


Sempre usei travesseiros de plumas de ganso, os quais trocava de tempos em tempos. E eles me proporcionavam um sono bastante confortável. Contudo passei a não mais me entender com eles. Acordava no meio da noite, sem encontrar uma posição relaxante e de manhã despertava com o pescoço e ombros doloridos. Um saquinho de dor que só a água quentinha do banho ajudava a melhorar. Daí pensei que havia chegado a hora de procurar outro tipo de travesseiro para mim.

Na quinta-feira fui ao shopping e aproveitei para pesquisar os modelos de travesseiros. E dentre as várias opções disponíveis escolhi o travesseiro de molas da Duoflex. Feliz escolha! Dormi tranquila e confortável, acordei sem dor e bem disposta. Um verdadeiro achado! Claro que ele não é fofinho como os travesseiros de pluma mas anatomicamente ele é perfeito e me adaptei muito bem. Agora uso os dois tipos. Para abraçar e colocar entre as pernas, meu fofinho de plumas e para repousar a cabeça e o pescoço meu fime e gostoso travesseiro de molas! :)


Nina Victor





Read more...

Se fosse verdade seria um sonho

>> sexta-feira, 31 de outubro de 2008


Hoje volto ao trabalho depois de 30 abençoados dias de descanso e paz de espírito.

Eu estava precisando.

As mudanças que aconteceram no meu trabalho mexeram demais comigo. Eu estava estressada, irritada, quase infeliz.

Estava me sentindo como no filme Tropa de Elite: "pede pra sair". E não é que no desespero pensei em pedir para sair? Claro que não posso fazer isso, mas desespero é desespero, e eu estava pirando!

Por isso este intervalo providencial chamado "férias" não poderia ter vindo em momento mais propício. Sinto-me bem melhor agora. Mas sei que minha mesa não estará vazia... Que Deus me ajude.

Nina Victor



Read more...

A Mesmice Dos Seres

>> quarta-feira, 29 de outubro de 2008




A vida não mudou muito...
Ainda há moças nas janelas,
e construções sendo erguidas.
O cenário pode ter mudado e a cidade crescido,
mas as expectativas e desejos das pessoas,
permanecem inalteradas:
um amor, um abrigo.

Nina Victor





Read more...

Para um amigo

>> terça-feira, 28 de outubro de 2008



46. Shêng - A Ascenção


A força de vontade será premiada.
O triunfo será atingido se houver perseverança e tranquilidade.

O sábio é aquele que vence pelos próprios méritos e ideais.
O perdedor tenta seguir o caminho mais fácil.


Read more...

Sobre ralos e bichos

>> segunda-feira, 27 de outubro de 2008




É um alívio quando percebemos que não estamos sós em relação às nossas maluquices. Este foi meu pensamento ao ver esta imagem no sensacional blog Post a Secret.

Sim, vez por outra, eu penso nisso... será que alguma coisa virá pelo esgoto e... "nhac"?

Este tipo de cisma começou quando eu era pequena. Explico: vi um filme na TV onde um pessoa via uma pequena aranha na pia do banheiro e a jogava pelo ralo abaixo com a ajuda da água da torneira. Depois, a aranha voltava pelo ralo da pia, maior do que era e ia crescendo até se tornar uma "aranhona". Era algo por aí, como disse, eu era criança e minha memória não é das melhores.

O fato é que, depois deste filme, passei a ter pavor que algum bicho subisse pelo ralo da pia, pavor que ao longo dos anos foi se aprimorando, se estendendo até chegar ao vaso sanitário...

A única pessoa que sabia disso era o Leo, mas depois que alguém se semi-revelou no Post a Secret, resolvi escancarar de vez e assumir esta minha esquisitice.

Nina Victor



Read more...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP