Língua Bipartida

>> quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Tive uma noite agitada de sonhos. O último, o mais nítido, terminava comigo me olhando no espelho e descobrindo que eu tinha a língua bipartida, tal qual as serpentes. Na mistura de sonhos, sonhei também que o Nélio estava morando na Barra da Tijuca, num imenso apartamente e que eu estava lá, sozinha, tomando conta da casa para ele, que estava viajando. Durante minha estada lá, a Regina me ligava e ficava muito tempo conversando comigo a respeito de aceitar ou não uma titularidade perto do local onde ela foi criada. Do nada, ela apareceia no lugar onde eu estva e continuava a conversar. Na bagunça dos meus sonhos, a Jarli aparecia procurando aflitamente, um livro de física quântica. E eu dizia pra ela que seria fácil encontrar pois estávamos na casa de um engenheiro! Confusão de irmãos... O telefone não parava de tocar e a secretária eletrônica atendia e recados e mais recados de ofertas de produtos para odontologia eram anunciadas. O banheiro tinha um vidro na porta e quando eu estava lá vi, o Neném indo para lá, mas quando ele me viu deu meia volta e desistiu. De alguma forma eu me sentia doente, e foi nesta hora que me olhando no espelho, coloquei a língua pra fora e vi que ela estava bipartida. Acordei neste momento.

Nina Victor

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blogger template Wild Birds by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP